Cursos Reconhecidos

Internacionalmente

Formação Completa

Do Básico ao Doutorado

Nosso Whatsapp

(99) 99215-6030

Título

Autem vel eum iriure dolor in hendrerit in vulputate velit esse molestie consequat, vel illum dolore eu feugiat nulla facilisis at vero eros et dolore feugait

Receba o Nosso Livro Grátis de Teologia!

Saiba mais sobre a Bíblia, Jesus Cristo, Pecado, Salvação, Escatologia...

Os 10 Maiores Erros dos Pregadores

Bacharel em Teologia | Doutor em Teologia | Mestre em Teologia | Básico em Teologia

Como foi o seu sermão na semana passada? Saiu tão bom quanto você esperava? Ou você ficou decepcionado, apesar de ter estudado bastante o assunto?

Hoje eu vou lhe apresentar os 10 maiores erros que pregadores podemos cometer, então não precisa ficar triste, pois todo pregador alguma vez já se deparou com uma situação dessas.

Quantas vezes você já se deparou com pregações, estudos ou sermões muito ruins no Youtube, por exemplo? Quantas vezes você olhou esboços de sermões disponibilizados na internet e achou horrível?

Agora, imagine você em um dia qualquer, enquanto navega na internet, se depara com “a pior pregação de todos os tempos” e acabou identificando a sua pregação ali?

Como você reagiria? Qual seria a sua atitude?

A boa notícia é que há coisas que você pode fazer para evitar repetir o mesmo “erro da pior pregação”! UFA!

Bons cursos de pregação online, como o Guia Completo do Pregador Iniciante, podem realmente ajudar você mudar suas pregações e sermões para um nível totalmente novo.

Enquanto isso, aqui estão os 10 maiores erros dos pregadores. Espero que estes erros possam nos ajudar a evitar estas armadilhas tão comuns.

1. Leitura Superficial

Se você quer que seu sermão seja terrível, tente colocar todo o seu conhecimento adquirido em anos de estudos, tudo o que você aprendeu, em 30 minutos de pregação. Tenha a absoluta certeza, que espremer a Bíblia assim impressionará a todos com o quanto você sabe. E esse será o seu único resultado. Será uma pregação sem foco, eficiência e sem resultados.

2. Mais Quantidade, Menos Qualidade

As pregações superficiais tem como objetivo citar o máximo possível de versículos e apenas passar uma visão geral e superficial sobre o texto, sem aprofundar-se em nenhum assunto específico. E o pior é que este erro leva o pregador a não ensinar nada que o ouvinte com inteligência mediana não teria derivado do próprio texto em uma leitura simples. Sua pregação será sem consistência.

3. Margeando o Texto Pregado

Se você é jovem e confiante ou mais velho e experiente, não caia na armadilha de não se preparar o suficiente antes de entregar a sua mensagem.

Isso pode parecer óbvio para alguns, mas à medida que você deixa o estudo e a meditação da sua mensagem para mais perto da data agendada, você poderá estar em pé na frente das pessoas apenas inventando coisas à medida que vai avançando no texto selecionado para a mensagem.

4. Provas Excessivas, Independente de…

É comum ouvirmos pregadores que citam dezenas de textos bíblicos sem uma conexão real, mas que aparentemente provam o ponto de vista do pregador, dentro da linha de raciocínio que ele quer construir, e não do que o texto quer realmente transmitir.

Esta atitude acaba desviando o ouvinte do texto original e levando-o a analisar muito mais as provas do que o texto original. A perca de foco é tremenda. O resultado é quase (ou completamente) nulo.

5. Citações em Excessos

Se você quer ser um pregador “inteligente” (e até chato – ou pouco espiritual – para alguns), inclua dezenas de citações de comentaristas, teólogos e outros pregadores do passado e do presente.

Só lembre-se que a pregação precisa do seu estilo pessoal, e as citações são apenas um suporte e não o texto principal.

6. Palestrante ao Invés de Pregador

É difícil definir a diferença entre pregar e palestrar, mas você reconhece uma e outra apartir do momento que você vê quem (e como) fala; e sobre qual (e como) o assunto está sendo dito.

Só lembre-se que a pregação tem algo a ver com pessoas sentindo que estão sendo convencidas. É sobre paixão, contato visual, persuasão, urgência, etc. As pessoas precisam ser levadas à ação; não apenas serem informadas sobre algo.

7. Explicações Sem Explicação

Você já deve ter estudado sobre as parábolas de Jesus uma centena de vezes. Lembra como ele explicava os conceitos teológicos acerca do Reino de Deus, sempre contando uma história ou ilustrando com algum elemento conhecido dos seus ouvintes?

Siga a mesma pedagogia de Cristo e não use uma referência, jargão ou frases teológicas sem antes dar uma informação do plano de fundo. Isso ajudará a manter todos lhe ouvindo por mais tempo.

8. Confusão na Estrutura da Pregação

Ouvintes são deixados confusos, geralmente, por 2 razões: ou a sua mensagem não tem uma estrutura, e então você vai discorrendo sobre o assunto de qualquer jeito; ou, a estrutura da sua mensagem é muito complexa (pontos, subpontos, subitens, etc, etc), tornando difícil o ouvinte identificar se você ainda está nos subpontos ou subitens, ou se já retornou para os pontos principais.

Mas, também, às vezes há uma boa estrutura, só que não é suficientemente destacada e enfatizada para que os ouvintes saibam onde estiveram, onde estão e para onde estão indo.

9. Pregador Sem Uma Grande Ideia

Muitas e muitas informações, mas nenhuma grande ideia; é a diferença entre uma lâmpada comum e uma luz laser. Tem um ponto que você está tomando e que não o diferencia de mais ninguém. Está comum. Seus ouvintes estão cansados de coisas comuns.

Agora se você tem muitos pontos para discorrer em sua mensagem, então você pode considerar fazer uma série de sermões mensais.

10. Complicando o Descomplicado

Você já se ouviu uma mensagem e ficou mais confuso do que antes?

Como pregadores, devemos trazer a Bíblia à vida, destacando a aplicação simples e relevante da sua mensagem. Não podemos sendo tão alto a ponto de perdermos nossos ouvintes em algum lugar nas nuvens.

Porém, também, não podemos ser tão simplistas ao ponto de ignorar o desejo dos nossos ouvintes de aprenderem com mais profundidade acerca do Reino de Deus.

E você já cometeu algum destes erros dos pregadores? Deixe nos comentários como resolveu, será muito útil para outros pregadores que estão ainda continuam errando.

Você quer aprender mais sobre este assunto?

Você deseja aprofundar-se ainda mais neste assunto e crescer no conhecimento bíblico, teológico e ministerial com bastante profundidade - e de forma muito rápida?

Então aproveite HOJE esta oferta especial que liberamos exclusivamente para você alcançar seu sonho de entender a Bíblia e a Teologia com muito mais profundidade e obter mais autoridade e reconhecimento ministerial.

Se você deseja tornar-se um pastor, líder, pregador, missionário, teólogo, escritor, palestrante, professor da EBD e obreiro cristão com um ministério aprovado e reconhecido, você precisa conhecer agora o novo Curso Avançado de Teologia - ÚLTIMAS VAGAS COM DESCONTO ESPECIAL + BÔNUS!



LEIA ISSO TAMBÉM!

Antes que possamos entender por que a Teologia Sistemática é essencial, precisamos primeiro entender o
Você já parou para pensar como é maravilhoso que um Deus todo-poderoso que trouxe o
Você tem aptidão para servir outros como capelão? Um capelão oferece orientação espiritual a pessoas
A Capelania ganhou muita força nestes últimos anos, principalmente no Brasil pelas Lideranças Evangélicas, já
A capelania escolar é um tema pouco pesquisado no Brasil. Apesar de ser uma área
Estudar Bíblia é sempre uma questão de motivação. Geralmente na vida encontramos tempo para fazer

COMENTE AQUI...

...OU COMENTE AQUI!

2 comentários

NormaPublicado em 7:45 am - maio 8, 2019

Gostaria de saber como faço para fazer o curso em teologia?
Pois tenho muita vontade até já tentei fazer alguns mas infelizmente não deu certo.

  Responda

    Instituto de Teologia LogosPublicado em 3:27 pm - maio 8, 2019

    Paz, irmã Norma… Qual curso você deseja estudar?

    Nós temos o Básico em Teologia, Bacharel em Teologia, Mestre em Teologia e Doutor em Teologia.

      Responda